Isve Cavalcante volta atrás, e desmente suposta ameaça de censura

Por em 12 de Julho de 2018

Após uma notícia veiculada por alguns sites de comunicação sobre uma ameaça feita pelo prefeito de Arapiraca Rogério Teófilo (PSDB) que teria pedido a demissão do radialista Isve Cavalcante ancora da 96 FM em programa jornalístico todas as manhãs. o próprio profissional desmentiu a notícia, chamada por ele de fake news.

“Saiu uma notícia dizendo que um sindicato teria feito uma nota em meu nome, não recebi, não tenho conhecimento dessa nota, estou há 42 anos no ar, as pessoas me conhecem, se acontecer eu informo, agora não posso inventar, criar fake News. Não vou permitir que inventem noticias. Se o prefeito Rogério tivesse pedido minha demissão eu falaria. Em nenhum momento isso aconteceu”, disse o radialista em seu programa, na manhã desta quarta-feira (12).

A crítica feita pelo radialista a alguns colegas de imprensa se deve pelo motivo de alguns sites locais terem noticiado que a direção da Rádio 96, 9 FM teria sido pressionada pelo prefeito Rogério Teófilo a demitir Isve em virtude de algumas críticas feitas em seu programa à administração municipal. O programa de forma democrática vinha colocando no quadro “o povo fala”, reivindicando o denunciando as mazelas da administração tucana.

Esse quadro também vem sendo apresentado com sucesso no programa Pajuçara na hora, comandado pelo comunicador Ailton Avlis e no programa Na mira da notícia apresentado pelo radialista Paulo Marcelo de segunda a sexta-feira as 18 h na Gazeta FM Arapiraca.

O presidente do Sindicato, Paulinho Guedes, segue lamentando os fatos envolvendo profissionais da radiodifusão no interior de Alagoas e colocou a entidade, mais uma vez, em defesa de todos os radialistas que se sentirem ultrajados ou vilipendiados em qualquer forma de pressão, ameaça e/ou censura contra a liberdade de expressão.

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *