Vila Bananeiras em Arapiraca não tem onde sepultar seus mortos

Por em 16 de Abril de 2018

Mesmo com a doação de tijolos pela comunidade para a obra de ampliação, gestão Rogério Teófilo não atendeu aos apelos da população

A Vila Bananeiras uma das mais expressivas de Arapiraca em população e importância econômica não tem onde enterrar seus mortos. O Cemitério João Paulo II está com a sua capacidade esgotada. O problema e a reivindicação da ampliação do Campo Santo, vem sendo constantemente defendido e solicitado pelos vereadores Léo Saturnino (MDB) e Fábio Henrique (PCdoB) após ouvir os reclamos da comunidade, desde o inicio deste ano de 2018.

Na última sessão ordinária da Câmara Municipal o assunto voltou a ser discutido pelo fato da gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) não ter viabilizado os meios para a realização das obras de ampliação. De acordo com o vereador Fábio Henrique, o espaço do cemitério é bastante reduzido e os entes queridos das famílias falecidos da Vila Bananeiras estão sendo sepultados em outras comunidades e até no município de São Sebastião.

Fábio Henrique e Leo Saturnino em contato com a secretaria municipal de Urbanismo e Obras foi informado de que para realizar as obras de ampliação do cemitério seria necessário a liberação da licença ambiental do IMA. A informação foi negada pelo órgão estadual de que para essa ampliação não é necessária a licença ambiental. “A prefeitura através da secretaria municipal de Meio Ambiente tem autoridade para realizar a ampliação” informou o órgão estadual.

Mesmo com a doação de 10 mil tijolos pela comunidade e um outro empresário que se dispôs a liberar máquinas para o inicio das obras de ampliação a gestão do prefeito Rogério Teófilo não se mobilizou para atender os apelos da comunidade.  Outro cemitério de Arapiraca que está com sua capacidade esgotada é o Cemitério Santa Luzia da comunidade de Canafístula um dos bairros mais antigos de Arapiraca.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *