CRAS do Manuel Teles está com energia cortada em Arapiraca

Por em 2 de Fevereiro de 2018

Órgão não cumpre com sua finalidade social e não são fornecidas informações em razão dos computadores desligados

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) localizado na Rua Agostinho Severino em um dos bairros mais carentes de Arapiraca o Manoel Teles, não cumpre com a sua finalidade social de coordenar as atividades assistenciais da comunidade principalmente no atendimento as famílias em situação de vulnerabilidade.

De acordo com os vereadores Léo Saturnino (MDB) e Fábio Henrique (PCdoB) que realizaram uma visita de inspeção ao local, a energia do órgão está cortada há vários meses na atual gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) e da titular da pasta de Assistência Social, Amilka Andréia Costa Melo.

Foi constatado pelos vereadores na visita, que os computadores estão desligados, impossibilitando a prestação de qualquer informação. Todos os serviços são realizados manualmente pelos servidores do órgão

Os moradores do bairro ficam impossibilitados de se inscreverem no programa Bolsa Família ou em outros programas do Governo Federal quando o  CRAS e o órgão responsável pelo atendimento. De acordo com Léo Saturnino são repassados anualmente recursos superiores a um milhão de reais e nem mesmo a energia elétrica a atual gestão está pagando, detonou Léo Saturnino.

Outros serviços do órgão ficam prejudicados a exemplo de transmitir as orientações necessárias para o cumprimento das condicionalidades do Bolsa Família, como a atualização cadastral, a frequência escolar de crianças e adolescentes, bem como o acompanhamento da saúde de crianças e adolescentes. Apesar das dificuldades Léo Saturnino destacou a boa vontade dos servidores que até para carregarem os seus aparelhos celulares fazem em casa ou nas casas vizinhas ao CRAS.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *