Pesquisa mostra desempenho de candidatos a ALE em Arapiraca

Por em 11 de Dezembro de 2017

Desaprovação da gestão do prefeito Rogério Teófilo também é revelada

Pesquisa realizada pelo Instituto Falpe em Arapiraca, e publicada no blog do jornalista Voney Malta no portal Cada Minuto realizada entre os dias 01 e 03 de dezembro deste ano, ouviu 1.783 pessoas. A margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%. 43% dos entrevistados são do sexo masculino e 57% do sexo feminino. Foram ouvidos analfabetos (10%), fundamental incompleto (26%), completo (4,5%), ensino médio incompleto (23,5%), completo (17%), superior incompleto (9%), completo (10%).

A pesquisa mostra dados surpreendentes, caso de Arnon, colocado na pesquisa como “Arnon filho de Fernando Collor”. Ele surge com uma elevada intenção de voto. Ou seja, segundo o proprietário da Falpe, Francisco Nunes, mais conhecido como Chico da Pesquisa, “há um vácuo na disputa para senador que não foi preenchido por Maurício Quintella e Marx Beltrão, mas que pode ser ocupado por Arnon.

O que significa dizer que o senador Collor tem grande influência na política em Alagoas e transfere votos”. O fiho dos senador está tecnicamentre empatado com os dois primeiros colocados, Renan Calheiros e Teotonio Vilela, respectivamente, primeiro e segundo colocados.

Na análise para o governo de Alagoas, o diretor da empresa de pesquisa, considera difícil avaliar a disputa porque inexistem candidatos definidos – com exceção do próprio governador Renan Filho – o que só devera ocorrer em 2018. No entanto, o governador é favorito e vem sendo beneficiado pelas obras feitas e em execução divulgadas massivamente nos meios de comunicação.

De acordo com a pesquisa, Arapiraca, segundo colégio eleitoral do Estado, deverá eleger 3 ou 4 deputados estaduais e um federal. E como a pesquisa foi realizada em Arapiraca, a gestão do prefeito tucano, Rogério Teófilo, obteve apenas, 26% de aprovação e 53,5% de desaprovação. 20,5% não opinaram. Um desastre, aparentemente, mas nada que não possa ser alterado até junho de 2018.

Deputado estadual:

Sem apresentar os nomes, os eleitores lembraram apenas de Ricardo Nezinho, que tem 1,5% de intenção de votos; Tarcizo Freire, 1,25%; Célia Rocha e Rodrigo Cunha, 0,5%; Severino Pessoa e Antônio Albuquerque, 0,25%; não opinaram, 95,75%.

Com os nomes sendo apresentados o resultado é o seguinte: Ricardo Nezinho, 26%; Tarcizo Freire, 13%; Célia Rocha, 10%; Rodrigo Cunha, 5,75%; Jairzinho Lira, 3%; Alves Correia; 2,75%; Breno Albuquerque, 2%; Marlan Ferreira e Isabela Lins, 0,5%; Ângela Garrote, James Ribeiro, Davi Maia, Bruno Pedro, Chico Tenório, Paulo Dantas, 0,25%. Luiz Pedro (filho de Celso Luiz), Bruno Loureiro e Cidoca, 0%. Nenhum, 20,5% e 14,5% não opinaram.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *