Gecoc prende prefeito e vereadores de Mata Grande

Por em 25 de Dezembro de 2017

Operação foi realizada na noite deste domingo (24)

Uma operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) prendeu, na noite deste, domingo (24) o prefeito Erivaldo Mandú (PP) e o vereador Joseval Antônio da Silva (PP) da cidade de Mata Grande. Também foi detido o vereador de Palestina, Luciano Lucena de Farias (PMDB) da cidade de Palestina e a polícia está à procura do vereador Temar Brandão (PP) da cidade de Mata Grande, que está foragido.
A prisão do prefeito e dos vereadores foi determinada pelo desembargador Celírio Adamastor, que estava no plantão do Tribunal de Justiça.

As investigações do Ministério Público de Alagoas (MPE/AL) foram iniciadas há quatro dias, pelo gabinete do procurador, após o órgão receber informações de que o prefeito estaria pagando mensalinho de R$ 7 mil para quatro vereadores, em troca da aprovação dos projetos de interesse do Município. Um vídeo mostra a negociação que envolve quatro vereadores. Porém, apenas dois aparecem mais claramente nas imagens.

Após as imagens, o procurador geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, pediu a prisão do prefeito e dos vereadores. Uma vereadora também teve a prisão requerida, mas o pedido foi negado pelo Judiciário. De acordo com Alfredo Gaspar, a apuração continua e os acusados serão ouvidos pelo Ministério Público.

A operação contou com o apoio da Delegacia Geral de Polícia Civil, por meio do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), da Asfixia e da Delegacia Regional de Polícia (1ª DRP), de Delmiro Gouveia. Erivaldo Mandú foi localizado em casa, no centro de Mata Grande, e Joseval Antônio da Silva foi preso no povoado Santa Cruz do Deserto, na zona rural da cidade.

Após a prisão o prefeito e os vereadores foram para o Instituto Médico Legal (IML) de Maceió, para fazerem o exame de corpo de delito e, em seguida, encaminhados para o Sistema Prisional.
A assessoria da comunicação da Prefeitura de Mata Grande informou que irá se pronunciar por meio de nota enviada à imprensa.

Redação com agencias.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *