Argentina diz ter detectado chamadas de satélite que pode ser de submarino desaparecido

Por em 19 de Novembro de 2017

Ministério da Defesa da Argentina informou na noite deste sábado (18) que foram detectadas sete chamadas de satélite que supõe serem do submarino militar ARA San Juan, desaparecido com 44 tripulantes no Atlântico Sul. O comunicado foi enviado por e-mail pelo Ministério e divulgado pelas agências de notícias Reuters e France Presse.

As chamadas “não se conectaram com as bases” da Marinha, indica a nota, “e se trabalha para estabelecer a localização precisa do emissor”. Isso “indicaria que a tripulação tenta restabelecer contato”, diz o comunicado, segundo a France Presse.

Com a suposição de que se trata do submarino sumido, o governo argentino trabalha com a colaboração de uma empresa americana especializada em comunicação por satélite, informa o jornal “La Nación”.

As chamadas “não se conectaram com as bases” da Marinha, indica a nota, “e se trabalha para estabelecer a localização precisa do emissor”. Isso “indicaria que a tripulação tenta restabelecer contato”, diz o comunicado, segundo a France Presse.

Com a suposição de que se trata do submarino sumido, o governo argentino trabalha com a colaboração de uma empresa americana especializada em comunicação por satélite, informa o jornal “La Nación”. A Reuters indica ainda que as chamadas tiveram duração de entre 4 e 36 segundos e foram detectados entre o final da manhã e o início da tarde deste sábado em diferentes bases da Marinha.

Redação com G1.

 

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *