Theatro Sete de Setembro reabre as portas nos 200 anos de Alagoas

Por em 13 de Setembro de 2017

O mês de setembro reacende os tempos de glória, em Penedo (AL). Há 133 anos, a cidade recebia, em festa, a inauguração do primeiro edifício construído para abrigar um teatro no Estado de Alagoas, batizado Theatro Sete de Setembro. Agora, este mês também será de festa, pois o espaço, que recebeu artistas e espetáculos de renome nacional e internacional por tantos anos, reabre suas portas e cortinas após passar por uma importante restauração conduzida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A obra teve projeto elaborado pela Prefeitura Municipal de Penedo e foi executada com recursos de aproximadamente R$4,5 milhões do PAC Cidades Históricas, que já conta cinco obras concluídas na cidade. Depois de um ano e nove meses de trabalho, a casa de espetáculos será reaberta no dia 15 de setembro, em uma grande festa que celebra também o bicentenário da emancipação política de Alagoas. Para a cerimônia, que trará uma programação especial, estarão presentes o ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão, o ministro do Turismo Marx Beltrão, o ministro dos Transportes Maurício Quintella, a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, o diretor do PAC Cidades Históricas, Robson de Almeida, o superintendente do Iphan em Alagoas, Mario Aloisio, o governador de Alagoas, Renan Filho, e o prefeito municipal, Marcius Beltrão.

Além de intervenções gerais no edifício, o principal ganho da obra de restauração é quanto à valorização do potencial cultural e turístico de Penedo. O Theatro Sete de Setembro passa a contar com plenas condições estruturais, equipamentos de luz, som e cenografia adequados para receber atrações de grande porte, inserindo a cidade no roteiro dos principais espetáculos do país, estimulando as atividades artísticas em Penedo e, com isso, incentivando a economia de toda a região.

Pérola do São Francisco
O edifício do Theatro Sete de Setembro foi projetado pelo italiano Luigi Lucarini, principal arquiteto atuando em Alagoas no final do século XIX. Projetado e construído pela Sociedade Filarmônica Sete de Setembro, criada em Penedo, o novo espaço de cultura tinha como objetivo incentivar o gosto pelas artes na cidade. Ao longo dos anos, recebeu grandes companhias teatrais, atraídas por um espaço bem projetado e de acústica impecável, que também foi utilizado como cinema e cenário de grandes bailes carnavalescos.

Marco da arquitetura civil da cidade, o Theatro Sete de Setembro traduz toda a vivência penedense da cultura e seu gosto pelas artes. A valorização desse espaço e equipamento cultural por meio da atual intervenção apoia ainda as iniciativas relacionadas ao projeto Penedo Centro de Convenções, que coloca a cidade como polo de turismo na região.

Desenvolvida às margens do São Francisco, Penedo possui um centro histórico de grande importância, com alguns relevantes bens da arquitetura religiosa do Nordeste, além de ricos exemplares da arquitetura civil moderna, rendendo à cidade o tombamento de seu conjunto histórico e paisagístico pelo Iphan, em 1996. Foi uma das selecionadas para receber os investimentos do PAC Cidades Históricas, que já entregou quatro outras obras de restauração: o Casarão do Montepio dos Artistas, o Círculo Operário – Escola de Santeiros, o Casarão da Biblioteca de Penedo, e os Galpões da orla do rio, entregues no último mês, onde estão sendo implantadas a Escola Náutica, Oficina e Marina Pública. Desse modo, com a conclusão do Theatro, a cidade já soma mais de R$8,7 milhões já investidos pelo Programa.

Foto: Gardênia Nascimento – Iphan

Serviço:
Entrega da Restauração do Theatro Sete de Setembro
Data: 15 de setembro, 19h30
Local: Theatro Sete de Setembro
Avenida Floriano Peixoto, Centro Histórico, Penedo (AL)

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *