Reabertura do primeiro teatro de Alagoas impulsiona turismo

Por em 18 de Setembro de 2017

Restauração do espaço cultural também atende setor de negócios e eventos

O primeiro teatro de Alagoas voltou a ser palco de grandes eventos. O Sete de Setembro, em Penedo, foi reinaugurado durante a expedição do Governo de Alagoas “Na Rota dos 200 anos”, que percorreu cidades ribeirinhas em comemoração ao bicentenário do Estado e em prol da preservação do Rio São Francisco.

O espaço cultural reaberto ao público na noite de sexta-feira (15), e deverá impulsionar, significativamente, o segmento de turismo cultural e de eventos da região do Baixo São Francisco.

De acordo com o empresário Gustavo Lisboa, proprietário do restaurante Forte Maurício de Nassau e de outro ponto de alimentação situado ao lado do Theatro Sete de Setembro, todo o comércio local esperava com bastante expectativa a reabertura do atrativo turístico.

“As melhorias realizadas nos equipamentos de eventos da cidade é de suma importância para nós, do trade turístico. Já podemos contar com mais um espaço para alavancar o turismo cultural de Penedo, que ja é conhecida por eventos como o tradicional Circuito Penedo de Cinema. O comércio comemora mais essa conquista”, ressaltou o dono do restaurante que chega a receber cerca de 150 pessoas durante o período de alta temporada.

Além do Theatro Sete de Setembro, outras obras foram inauguradas recentemente em Penedo, como a Biblioteca Pública e a Marina, todas previstas pelo PAC.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Helder Lima, a reestruturação da cidade histórica promove, além do resgate cultural, o desenvolvimento econômico da região.

“Penedo passa por uma revitalização enorme de todo seu Centro Histórico, se tornando uma das cidades mais atrativas da região Caminhos do São Francisco. Todas essas obras favorecem a potencialização da economia da cidade, capacitando o destino para receber grandes produções e impulsionando o setor do turismo, gerando emprego e renda para a população”, ressaltou Helder Lima.

O Theatro

Inaugurado há mais de 133 anos, o espaço é o mais antigo teatro de Alagoas. A casa de espetáculos foi projetada pelo arquiteto Luigi Lucarini, também responsável pelo prédio do Teatro Deodoro, em Maceió.

Orçada em R$ 4,5 milhões, a reestruturação do Sete de Setembro durou quase dois anos e foi executada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), dentro do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) das Cidades Históricas, projeto do Governo Federal.

Com térreo e mais três andares, o teatro possui 325 lugares. Na reforma foram feitas melhorias na estrutura, equipamentos de luz, som, cenografia e novo sistema de climatização, além de uma inovação: um elevador.

Agencia Alagoas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *