Desembargadora acusa Júlio Cezar de conduta deselegante, desrespeitosa e covarde

Por em 26 de Setembro de 2017

Elizabeth Carvalho desabafou através das das redes sociais atitude do prefeito que segundo ela, atingiu o vice-prefeito Márcio Henrique, de forma covarde como é de seu costume

Em tom de desabafo, a Desembargadora do Tribunal de Justiça de Alagoas, a palmeirense Elizabeth Carvalho Nascimento, ex-presidente do TJ, faz, em redes sociais, duras críticas ao prefeito de Palmeira dos Índios, Júlio Cézar, por conduta irresponsável do referido gestor.

Teria a sobrinha de Elizabeth, Adelaide Aída, deixado um veículo em local que não seria inadequado até aquele momento. É que as obras de calçamento do bairro Juca Sampaio estava parada e a mesma precisou se deslocar até Maceió para realizar um tratamento de saúde. Um vídeo do gestor junto com trabalhadores da empreiteira retirando o veículo do local viralizou nas redes sociais gerando incômodo para a família Carvalho Nascimento.

O desabafo da desembargadora Elizabeth Carvalho

“SENHOR JÚLIO CÉZAR Minha sobrinha, Adelaide Aída, precisou, por motivo de doença, viajar às pressas para Maceió. Deixou seu veículo estacionado na rua, vez que foi informada, que até quinta-feira última, não iriam calçar aquele trecho da rua.

Avisando inclusive, o Senhor João Lessa. Para surpresa dela e de todos nós, da família Carvalho Nascimento, vimos fotos com gracejos ridículos, postadas nas redes sociais. Maior o nosso espanto, quando vimos o Senhor Júlio Cézar, que se denomina,

Prefeito de Palmeira dos Índios, junto com trabalhadores da empreiteira, responsável pelo calçamento da referida rua, retirando com uso de força física, o veículo de Adelaide Aída, do local onde se encontrava estacionado. Ocorre, que o senhor Júlio Cézar, em lugar de remover de forma impróprio, um veículo, deveria primeiro acionar algum parente de Adelaide Aída, residente em Palmeira, e que são muitos.

Ou, caso possuísse um pouco mais de consideração pela família Carvalho Nascimento, chamado o guincho da SMTT, para fazer a devida remoção do veículo. Causa sempre muito espanto, que o senhor Júlio Cézar,procure de uma forma ou de outra, atingir o Vice-Prefeito Márcio Henrique, de forma covarde, como é sempre seu costume.

Sempre com o objetivo de aparecer nas redes sociais, o senhor Júlio Cézar, não procurou saber, que na quinta-feira passada, Adelaide Aída, tendo voltado de Maceió, foi retirar o seu veículo, quando lhe foi solicitado, por alguém da obra, que deixasse para retirar no outro dia, em razão de que as pedras, estariam mais fixadas.

Lamento, que o senhor Júlio Cézar, trate tão bem, seu tutor mor, Ronaldo Lessa, ocupando inclusive a sede da APALCA, para lançamento de livro de um dos piores gestores do nosso sofrido Estado de Alagoas e desconsidere a prima do Vice-Prefeito, maior responsável, por sua vitória eleitoral.

Aqui, repudio sua conduta, deselegante, desrespeitosa e covarde, com nossa sobrinha Adelaide Aída. Procure o que fazer, pois Palmeira dos Índios, está esperando, pelo cumprimento das promessas de campanha. E Nossa Senhora do Rosário, também”.

Redação com Estadão Alagoas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *