Escola 10 fortalece vínculos e reacende pacto pela Educação, diz Luciano Barbosa

Por em 9 de Agosto de 2017

A convite do vereador Fábio Henrique (PCdoB), vice-governador e secretário de Educação debateu com a sociedade arapiraquense os rumos da Educação em Alagoas

Vereadores, diretores de escolas, professores, estudantes, gestores públicos e lideranças comunitárias participaram ativamente, na noite desta terça-feira (8), na Câmara Municipal de Arapiraca, dos debates com o vice-governador e secretário de estado da Educação, Luciano Barbosa, acerca das ações do programa Escola 10 em Alagoas.

Atendendo a um requerimento do vereador Fábio Henrique (PCdoB), com o aval da presidente do Poder Legislativo Municipal, Professora Graça (PDT) e de todos os parlamentares arapiraquenses, Luciano Barbosa compareceu ao plenário da Casa Herbene Melo, para debater com a sociedade os novos rumos da Educação no estado.

“Já percorri dezenas de cidades, apresentando o programa Escola 10. Hoje, estou pensando no estado de Alagoas, mas sempre com um olhar especial voltado para Arapiraca, porque foi aqui que conquistei tudo que tenho na vida e os cargos que ocupei, como o de prefeito por oito anos conduzindo os destinos do município”, declarou Luciano Barbosa.

Durante a apresentação, ele fez um agradecimento à presidente da Câmara Municipal, extensivo a todos os vereadores. “Graça tem maturidade, experiência, militância política e faz jus ao cargo de ocupa, para que seja colocado sempre os interesses de Arapiraca em primeiro lugar”, enfatizou.

Falando em nome do governador Renan Filho, Luciano Barbosa aproveitou o momento para destacar o trabalho do comandante do 7º Grupamento de Bombeiros Militar, tenente-coronel Sandro, e do comandante do 3º Batalhão Militar, tenente-coronel Ênio Bolívar, pela redução da criminalidade no município e região.

Indicadores
“É fundamental reduzir os índices de violência em Alagoas, porém, o mais importante é cuidar das causas que provocam as desigualdades sociais. E só podemos transformar Alagoas por meio da Educação”, declarou.

Luciano Barbosa lembrou que o estado possui belezas naturais, uma rica história e grandes personagens de fama nacional e internacional. “Djavan e Graciliano Ramos nos orgulham, mas os indicadores educacionais não combinam com essas referências e nos envergonham como cidadãos e políticos”, acrescentou, revelando que todos os alagoanos unidos podem mudar a realidade de um estado com mais de 21% de analfabetos.

“Isso deixou de ser um problema social. É, acima de tudo, uma questão econômica que só pode ser transformada por meio de um grande chamamento para um compromisso social em defesa das nossas crianças e jovens. Devemos trocar o discurso pela prática. E o programa Escola 10 representa essa transformação”, enfatizou Luciano Barbosa.

Meritocracia
Ele disse que, ao assumir a pasta, há pouco mais de dois anos e sete meses, recebeu total apoio do governador Renan Filho para iniciar as transformações, a exemplo do fim da indicação política para as coordenadorias regionais de ensino.

“Decidimos escolher as gerentes pelo critério da meritocracia, com a diretora da escola com a melhor nota do Ideb, reordenamos os gastos com segurança, transporte escolar e logística na secretaria e em toda a rede pública estadual de ensino. Todo o dinheiro agora é destinado para as unidades de ensino, a exemplo do programa Escola da Hora, que este ano já soma 30 milhões que estão sendo repassados diretamente para as escolas”, salientou.

Metas
Luciano Barbosa disse que todas as escolas estaduais estão sendo reformada e ampliadas. Ele explicou que já foram construídos mais de 70 ginásios de esportes, e a meta do governador Renan Filho é construir 100 ginásios até 2018, bem como a quantidade de escolas de tempo integral, dos atuais 35 para 50 estabelecimentos com esse modelo de ensino.

“Arapiraca também está recebendo o maior investimento de sua história. Estamos modernizando todas as escolas, já construímos dez ginásios esportivos, e já iniciamos a construção do primeiro centro de educação integral de Alagoas, com a unificação das escolas Quintela Cavalcanti, Pedro Reis e Isaura Lisboa, Epial”, acrescentou Barbosa.

“Rendo meus agradecimentos a todos os gerentes de ensino, diretores, professores, técnicos e a sociedade que estão apostando nesse projeto e na melhoria dos indicadores educacionais em Alagoas. Só acredito na escola se o aluno for o maior protagonista das ações”, pontuou Luciano.

A presidente do Poder Legislativo, Professora Graça, e os vereadores Fábio Henrique, Willomaks da Saúde, Rogério Nezinho, Moisés Machado, Pastor Marcos Caetano, Gilvânia Barros, Sérgio do Sindicato, os professores Jorge Adriano, Luzia Conceição e o defensor público Marcos Freire participaram dos debates, por cerca de três horas de sessão na Câmara Municipal de Arapiraca.

Assessoria.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *