“Desvios na saúde de Arapiraca estão sendo alvo de auditória do MS” diz Aurélia Fernandes

Por em 19 de Agosto de 2017

Denuncia do “rombo” de 8 milhões na saúde repercutem e será tema para as eleições 2018

A secretária de Saúde de Arapiraca e vereadora licenciada, Aurélia Fernandes (PSB) botou lenha na fogueira durante seu pronunciamento na audiência pública, na Câmara Municipal de Arapiraca. Ex-secretária da pasta nas gestões de Luciano Barbosa e Célia Rocha, Fernandes fez uma revelação um tanto preocupante. Segundo ela, ao assumir o cargo se deparou com problemas de toda ordem, a exemplo de dívidas com prestadores de serviço e clinicas médicas (Recurso Mac) De acordo com a secretária, quanto a não entrega das obras pela Construtora Macri das unidades de saúde está sendo avaliada por uma auditória do Ministério da Saúde que está em andamento.

Audiência pública

A denúncia de Aurélia acabou gerando um desconforto e indignação por parte dos vereadores durante a audiência pública. No Legislativo, nove dos vereadores já estão no esquema de Rogério Teófilo enquanto oito ficam na oposição “Banho Maria”. Em seu pronunciamento, Aurélia Fernandes fez questão de revelar dados nada abonadores na gestão do ex-secretário de Saúde, Ubiratan Pedrosa da gestão de Célia Rocha. Ela deixou claro que o ex-titular da Saúde deixou um “rombo” de nada mais nada menos do que R$ 8 milhões, sendo R$ 3 milhões com fornecedores e R$ 5 milhões com prestadores de serviços. O que seria uma prestação de contas da secretária foi a denuncia dos atos de improbidade do gestor anterior da saúde, médico Ubiratan Pedrosa. A repercussão abalou as estruturas da política arapiraquense, e sem dúvida, será tema para as eleições 2018.

Distribuição de alevinos no Sertão

Famílias de pequenos produtores rurais dos municípios de Minador do Negrão e Cacimbinhas foram contempladas com a distribuição de alevinos de tilápia. Ao todo, foram doados 50 mil alevinos.  A ação do Governo de Alagoas, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), contemplou cinco mil famílias e vai proporcionar além de um alimento rico em proteínas, vai gerar uma renda extra.  Para o secretário da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, esse é um dos programas do Governo que beneficia associações, cooperativas e comunidades quilombolas, indígenas e assentamentos.

Distribuição de alevinos 02

José Ismael da Silva, da comunidade Jequiri, de Minador do Negrão, afirma que, além de muita água nas barragens, agora as famílias são beneficiadas com a doação de alevinos pelo Governo.  Em Cacimbinhas, foi feito o povoamento das barragens com a distribuição de 25 mil alevinos para as comunidades de Minador do Lúcio, Cajueiro, Santa Maria, Cachoeira, Sítio Novo, entre outras. O prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley, destaca que a iniciativa do Governo de Alagoas é muito importante e incentiva o consumo e criação de pescado entre as famílias dos pequenos produtores rurais.

Diplomas de “migué”

A Polícia Federal em Alagoas desencadeou nesta quinta (17) a operação Marueiros, que investiga a suposta emissão de certificados falsos por uma escola pública, usados para a obtenção de empregos temporários junto às Prefeituras de Campo Alegre e Teotônio Vilela.A instituição investigada é a Escola Municipal de Ensino Médio Felizardo Lima, no povoado de Luziápolis, em Campo Alegre.

Diplomas de “migué”

A operação cumpre nove mandados de busca e apreensão e oito de condução coercitiva, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Justiça Estadual do Estado de Alagoas. O efetivo da operação é de 35 policiais federais. O material arrecadado será levado à sede da Polícia Federal, em Jaraguá, onde será analisado. Se a Polícia Federal for mais além vai encontar mais diplomas falsificados em oitras prefeituas e Câmartas Municipais. A PF explicou que os certificados foram supostamente emitidos pela Escola Municipal de Ensino Médio Felizardo Lima, localizada no povoado de Luziápolis, em Campo Alegre.

Roubaram a carta do prefeito

 

Vândalos furtaram a carta da mão da estátua de Esperidião Rodrigues, instalada na praça Luiz Pereira Lima, no centro de Arapiraca, Agreste de Alagoas. Segundo a prefeitura, o furto foi no frio da madrugada  A estátua foi instalada na praça em outubro de 2014, na gestão da então prefeita Célia Rocha. Esperidião Rodrigues foi um dos líderes da luta pela emancipação política de Arapiraca. Ele também foi eleito como primeiro prefeito do município. Ainda não se sabe quem cometeu o crime. A assessoria de comunicação da prefeitura de Arapiraca disse que aguarda informações dos vigilantes que fazem a segurança naquela área para tomar providências.

Mais cisternas

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), vai construir 2.670 cisternas de tecnologia de primeira água em comunidades rurais e ainda 500 cisternas em escolas da rede pública.
Convênio nesse sentido foi assinado em Arapiraca, na sede da Federação das Associações Comunitárias de Arapiraca (Fecomar), pelo secretário da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, Álvaro Vasconcelos, e as entidades que venceram a chamada pública para a execução do projeto. Por meio de convênio entre os governos federal e de Alagoas, por meio da Seagri, serão investidos recursos do montante de R$ 15,7 milhões. Entre as entidades vencedoras estão Carpil, Ceapa, Instituto Terra Viva e Filhos do Mundo.

Denuncias ácidas

Mas as “denúncias” de Aurélia Fernandes deixaram um sabor bem ácido para os vereadores de oposição, que aguardavam verdadeiras “bombas” na gestão conturbada do polêmico Ubiratan Pedrosa, que assumiu o cargo a pedido do senador Fernando Collor  aliado de longas data da ex-prefeita Célia Rocha. Pelo andar da carruagem as denuncias de Aurélia Fernandes não surtiu efeitos surpreendentes. A expectativa, agora, é que as suas “ações” como secretária em governos passados venham à tona. Pelo menos é o que se comenta nos bastidores que existe um  relatório recheado de denuncias.

Local do aeroporto de Arapiraca indefinido

Ainda está indefinido o local da construção do aeroporto de Arapiraca. O local exato está sendo objeto de estudos por parte da Anac e o DER. Tudo indica que não deverá ser no municipio de Arapiraca em razão do alto custo de terras e a formação de pequenas propriedades no municipio. O aeroporto poderá ser construído em uma área dos municipios de Craíbas ou Feira Grande. O inicio das obras ainda não foi anunciado em razão da burucracia das licitações.

Alianças de Renan Filho

O governador Renan Filho continua articulando alianças com o PDT do deputado federal  Ronaldo Lessa e o PSB de JHC. Não há nada de novo nesse processo, mas as conversas continuam, como registrou a Radar On Line, da Veja, “O governador de Alagoas Renan Filho (PMDB) se reuniu nos últimos dias com os deputados JHC (PSB-AL) e Ronaldo Lessa (PDT-AL) para costurar uma aliança de olho na reeleição. Com o PSB e PDT, o peemedebista teria mais algum tempinho (sempre valioso) de tela no horário eleitoral”.

Desabafo do senador Biu

Senador Benedito de Lira (PP), ao criticar a situação da saúde pública no Estado sobretudo do hospital Geral (HGE) em Maceió, “Procuro cumprir a minha parte. Tenho conseguido transferências federais para que os prefeitos de todas as regiões do Estado possam cuidar das ações básicas de saúde, e são muitos os que têm recebido benefícios tanto por ações minhas quanto do deputado federal Arthur Lira.”, desabafou o senador.

Medicamentos é “pe de cobra”

A falta de medicamentos básicos tem sido uma constante nos postos de saúde e nas unidades básicas de saúde de Arapiraca. Todos os dias é uma constante lamentação da população carente que procura os serviços públicos e não são atendidos. As lamentações são através de audios enviados as emissoras de rádio, principalmente na Pajuçara FM. A gestão do prefeito Rogério Teófilo é como o samba do grande Martinho da Vila “É devagar é devagar, devagarinho. O vereador Rogério Nezinho afirmou em pronunciamanto na Câmara Municipal que a gestão Teófilo anda a passos lentos.

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *