Pressionado, Teófilo diz que vai reabrir restaurante fechado há seis meses

Por em 1 de Julho de 2017

Davi Salsa

Fechado há seis meses, o Restaurante Popular Jerimum está fazendo muita falta a comerciários, profissionais liberais, vendedores ambulantes e pessoas oriundas de famílias de baixa renda de Arapiraca que voltaram a cobrar, neste sábado (dia 1º), a reabertura do estabelecimento.

O restaurante popular de Arapiraca oferecia mais de mil refeições diárias, mas está de portas fechadas há seis meses, com o início da gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB).

O estabelecimento é mantido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, que chegou a publicar uma nota,  em janeiro deste ano, por meio da assessoria de comunicação da Prefeitura de Arapiraca, informando que o estabelecimento foi fechado para serviços de manutenção e que reabriria as portas no último mês de março.

Passados seis meses, a população de Arapiraca volta a cobrar a reabertura do Restaurante Popular Jerimum, que estava desempenhando, há mais de dez anos, um grande papel social com a oferta de alimentação balanceada para os moradores e visitantes na segunda maior cidade de Alagoas.

Em entrevista concedida na manhã deste sábado (dia 1º), na Rádio Imprima FM de Arapiraca, o prefeito Rogério Teófilo disse que, apesar das dificuldades financeiras por que passa a administração municipal, estão sendo feitos todos os esforços para reabrir o Restaurante Popular Jerimum dentro de 15 dias.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *