Comando de greve da educação entra com ação de danos morais contra Rogério Teófilo

Por em 2 de Julho de 2017

Movimento fará ato de protesto na segunda-feira (03) e anunciam que não vão ceder ao autorismo e a intimidação

 

Os trabalhadores da rede municipal de ensino de Arapiraca em greve há dois meses pela concessão do reajuste salarial da ordem de 7,64% e após a paralisação o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) ofereceu 2,33% alegando que estaria no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) decidiram entrar com uma ação individual de indenização moral contra o prefeito tucano, Rogério Teófilo.

 

A categoria lamenta o quadro que se encontra a educação na segunda maior cidade do Estado com 35 mil alunos fora das salas de aula. A categoria considera como atitude covarde a suspensão temporária dos vencimentos e que não vai se deixar levar por ameaças. Um grande ato de protesto está marcado para esta segunda-feira (03) no Centro Administrativo.

 

Na integra as notas do Sinteal e do Comando de greve.

 

“Diante do quadro em que se encontra a educação de Arapiraca, reforçada por atitudes covardes como a suspensão temporária dos vencimentos, devemos nos manter unidos como categoria. Não podemos nos deixar levar por ameaças e nem transformar a devolução dos descontos como principal reivindicação de nossa luta. É importante entender que a mesma jurisprudência usada para o desconto, obriga a devolução dos valores em acordo de reposição, além de todas as medidas jurídicas que podem e devem ser tomadas para garantir o nosso direito.

 

              Não podemos nem devemos ceder agora, autoritarismo e intimidação não irão abalar a força de luta desta categoria, nosso movimento é legitimo e democrático e a nossa resposta será a altura. Todos sabem que é uma situação difícil e para muitos desesperadora. Mas são nessas horas que devemos pensar, refletir e não baixar a cabeça. Estaremos mais uma vez na imprensa explicando a verdade sobre os motivos que nos levam a manter o movimento grevista e expondo toda indignação desta categoria e vamos intensificar nossa luta. Teremos uma grande movimentação na terça – feira,(04) sabemos da ansiedade e inquietação dos companheiros e estamos atentos. Na segunda estaremos organizando nossas ações jurídicas de divulgação e mobilização. Assim como muitos companheiros comparecerão à sede da prefeitura na segunda – feira para cobrar respeito e exigir da gestão  maior responsabilidade com a educação.

 

             Juntos somos mais fortes e vamos à luta por uma educação feita de verdade e real, e não sustentada apenas por discursos políticos que parecem ter sido esquecidos nos últimos meses. Agora é a nossa vez e a nossa resposta, confiança e muita coragem. Vamos à luta!

 

PAULO HENRIQUE

 

VICE-PRESIDENTE

 SINTEAL.
 

NOTA DO COMANDO DE GREVE

 

      Diante do flagrante desrespeito às normas constitucionais, pois é isso que o DESCONTO representa, já que é um evidente ABUSO DO DIREITO DE GREVE, pois a GREVE é LEGÍTIMA e LEGAL perante a justiça. O Comando de Greve vem convocar os Trabalhadores da Educação para entrar com uma ação individual de INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS contra o prefeito Rogério Teófilo.

 

Abaixo estão listados os documentos necessários para dar início ao processo de Indenização por Danos Morais:

 

– Holerite;

– RG;

– CPF;

– Comprovante de Residência.

 

O Comando de Greve receberá as documentações e fará alguns encaminhamentos.

Local: Centro Administrativo

Data: 03/07 (Segunda)

Horário: 8h

 

O governo Rogério Teófilo não apenas violou o DIREITO DE GREVE, mas a dignidade de cada trabalhador, negando em parte o seu sustento e assim ferindo a DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. Por esse motivo, o Comando de Greve conclama todos os trabalhadores que foram lesados a entrar com uma ação indenizatória.

Vamos mostrar a esse governo que não aceitaremos as suas ameaças!

 

 

 Comando de Greve ( Sinteal Regional Agreste )”

 

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *