Teófilo descarta fazer parceria com Estado para instalação do IC

Por em 27 de Junho de 2017

Gestor justificou que o município está no limite de gastos permitidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal

O prefeito de Arapiraca Rogério Teófilo (PSDB) descartopu a possibilidade de uma parceria com o Governo do Estado para a instalação de um núcleo do Instituto de Criminalística (IC) no município. Após fazer uma exposição de motivos sobre a situação do município para os deputados estaduais que integram a base político no Agreste e Sertão do Estado, incluindo os reprsentantes de Arapiraca. Severino Pessoa, Tarcizo Freire e Ricardo Nezinho.

A  Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) está sendo a justificativa usada como principal impedimento para não realizar investimentos no município. Essa mesma justificativa está sendo usada pelo gestor para  conceder reajusate salarial para os professres da rede municipal que est~sao em greve há quase dois meses com um prejuizo de 35 mil crianças fora das salas de aula.

Os deputados estaduais foram pedir ao prefeito tucano, a colaboração para assinar o convênio com o Governo do Estado para viabilizar o funcionamento de um núcleo do Instituto de Criminalística (IC) em Arapiraca.

Segundos os parlamentares estaduais a falta desse órgão funcionando 24 horas em Arapiraca vem causando grandes sofrimentos as famílias de pessoas que morrem vitimas de acidentes, crimes e até mesmo de morte natural, já que têm que esperar horas para que a equipe de Maceió marque presença para liberar o corpo após a perícia para o sepultamento.

Existe casos da espera da equipe ultrapassar a 12 h provocando sofrimento e consternação as famílias das vítimas. A maioria dos deputados saiu da reunião frustrados, apenas o deputado estadual Tarcizo Freire (PP), defendeu o prefeito, justificando que ele,  não pode fazer muito devido as limitações legais.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *