Júlio Cezar promove “Trem da Alegria”na Prefeitura de Palmeira dos Índios

Por em 8 de Abril de 2017

O prefeito de Palmeira dos Índios, Julio Cezar (PSB) nomeou esposas e filhos de vereadores para ocupar cargos em secretarias diversas do município. O caso obteve forte repercussão em nível locval e em todo o Estado O “trem da Alegria promovido pelo prefeito socialista vem causando revolta entre alguns “aliados” e o acusam de que virou as costas para seus correligionários. O prefeito é acusado de nomear e manter nos cargos, alguns parceiros do ex-prefeito James Ribeiro (PMDB) deixando de lado aliados políticos.

,O que faz “alguns” adversários de Julio Cezar permanecerem nos cargos ainda não se sabe. Isso, somente o Chefe do Executivo poderá explicar. Tais atitudes de Julio Cezar irão refletir diretamente na eleição do próximo ano e a credibilidade e o discurso de campanha serão avaliados negativamente pelos eleitores palmenrenses.

A desembargadora Elizabeth Carvalho que é tia do vice-prefeito, Márcio Henrique (PPS)  lamentou que o prefeito socialista esteja usando em cargos comissionados pessoas que lhe atacaram na campanha, com polpudos salários. Ela advertiu: ” o prefeito tem que mudar já, está precisando usar os competentes e deixar de lado os politiqueiros e puxa saco”, desabafou.

A desembargadora ainda deu um conselho ao vice prefeito Márcio Henrique. “Presta atenção, Márcio Henrique, você pode está sendo traído!”, e concluiu dizendo, “mude prefeito Julio Cezar. Converse menos e aja mais”,  advertiu..

O experiente  jornalista palmeirense Pedro Oliveira também comentou sobre o fato. “Quando pensamos que ajudamos a fazer as mudanças que Palmeira tanto clama, vemos mais uma vez a repetição de danosos vícios do passado. Começo a duvidar de dias melhores para nossa terra sofrida e maltratada. Aí vale o voto equivocado, o despreparo para o poder e a infame vaidade dos pequenos. Deus queira que eu esteja errado”.

Vestiu a “carapuça”

A jornalista Roberto Sampaio publicou matéria em seu portal F5 Alagoas nesta quarta-feira (05) “O vereador por Palmeira dos Índios, Fabiano Gomes (PSC), pediu uma questão de ordem durante a sessão ordinária  ocorrida na manhã desta quarta-feira (05), para trazer à  o assunto referente a uma matéria publicada pela imprensa  onde é dito que esposas e parentes de vereadores estariam ocupando cargos na Prefeitura de Palmira dos Índios.”
Fabiano iniciou seu pronunciamento afirmando que: “Fico muito à vontade sobre essa situação. Existe um Portal da Transparência que serve para isso (a matéria foi feita justamente com base nas informações do referido Portal). Minha esposa está empregada na prefeitura, Sim!. Com muito orgulho. Por que participou da campanha do prefeito Júlio Cezar, e é competente para assumir um cargo nessa prefeitura ou em qualquer outra”.
O interessante é que, lendo a referida matéria, em nenhum parágrafo de todo o texto, o nome do vereador nem de qualquer outro parlamenter foi citado. Mas, como diz o ditado: A carapuça serviu. Serviu tanto que o vereador fez questão de dizer em alto e bom tom que tem sua esposa empregada na prefeitura por que ela tem competência para isso. Até aí tudo bem.
O problema é quando Fabiano admite que ela está empregada, também, porque trabalhou na campanha para eleger Júlio Cezar para prefeito do município. Pois, pode ser configurada a prática de nepotismo cruzado – por ser uma troca de favores entre o poder Executivo e o Legislativo municipal, segundo a matéria do Portal F5 assinada pela jornalista Roberta Sampaio.

Com informações do portal Estadão Alagoas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *