O desencontro entre o governador Renan Filho e o prefeito Rogério Teófilo

Por em 25 de Fevereiro de 2017

Decorridos dois meses da nova gestão em Arapiraca e até agora nada do prefeito Rogerio Teófilo (PSDB) e do governador Renan Filho (PMDB) se encontrarem para um dialogo objetivando o desenvolvimento e um incremento de políticas públicas para Arapiraca. Os dois caminharam em lados opostos. Na eleição de outubro de 2016, o governador apoiou o deputado Ricardo Nezinho (PMDB) na dispita pela Prefeitura de Arapiraca,o parlamenter peemedebista amargou sua primeira derrota na sua carreira política. 

O desencontro 02
Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, Teófilo deve está viabilizando agendar uma audiência com Renan Filho nos próximos dias. O governador não conhece o caminho de Arapiraca desde a derrota do ano passado. O vice-governador Luciano Barbosa (PMDB) no comando sa secretária de Estado da Educação tem mantido encontros e participado de eventos institucionais em Arapiraca mas Teófilo não marca presença em eventos com Luciano Barbosa de quem já foi vice-prefeito, contra a vontade de Barbosa.  Em janeiro, durante a coletiva de imprensa para divulgar a situação encontrada pela prefeitura, o prefeito afirmou que espera uma boa relação com o governador. Vamos aguardar, tudo pelo bem da terra de Manoel André.  
Plenário ameaçado
O plenário da Câmara Municipal de Arapiraca está uma coisa tenebrosa. Quando a chuva começa a cair todo o espaço fica alagado e os servidores da Casa tem a missão imediata de retirar a água acumulada para que não venha a atingir outros setores. No ano passado, o Corpo de Bombeiros chegou a realizar uma vistoria e solicitar reparos imediatos no objetivo de manter a segurança do prédio. A presidente da Casa, vereadora Graça Lisboa (PDT) anunciou uma reforma geral no prédio.  Vamos agurdar as cenas dos próximos capítulos.
Insatisfação generalizada
Nesses dois meses da administração do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) em Arapíraca está ocorrendo uma insatisfação generalizada no Centro Administrativo entre os própios aliados  Segundo informações chegadas ao blog, o clima é pesado em razão da indicação dos cargos do primeiro escalão e segundo escalão que não estão sintonizados, falta experiencia, jogo de cintura e a máquina administrativa está “travada” no freio de mão do gestor. Só Deus na causa. Misericórdia.  
Bloco dos lisos
Professores da rede municipal de ensino ocuparam no início da tarde da última quinta-feira (23) o prédio da Câmara Municipal de Arapiraca e o plenário localizado na Avenida Rio Branco no centro da cidade. Antes os professores realizaram um protesto na Praça Luiz Pereira Lima. A categoria em ato pacifico, reivindica uma posição da Casa sobre o pagamento dos salários referentes a dezembro de 2016, que ainda não foi pago pela atual gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) A presidente da Mesa Diretora, vereadora Graça Lisboa (PDT) disse que vai conversar com os servidores.
Bloco dos lisos 02
O Legislativo de Arapiraca é composto por 17 vereadores e todos já estariam rezando na cartilha de Teófilo. O prefeito Rogério Teófilo se reuniu com representantes dos sindicatos da categoria e da Caixa Econômica no final da tarde de ontem (22), onde apresentou propostas para que a pendência seja definitivamente resolvida.Uma das propostas apresentadas pelo gestor foi a possibilidade do Município realizar a repactuação do contrato da folha de pagamento e dos serviços financeiros junto à Caixa Econômica Federal (CEF) por mais 60 meses.
Bloco dos lisos 03
A proposta já está sendo estudada pela direção geral da instituição financeira em nível nacional, que deverá se posicionar num prazo máximo de quinze dias. Com a repactuação, a instituição pode liberar ao Município um valor ainda a ser definido durante a análise da proposta. Esse valor  deverá ser utilizado para pagar parte da folha pendente, que ultrapassa a cifra dos R$ 8 milhões. O bloco dos lisos foi o único a desfilar nessa pré carnavalesca nada favorável para a categoria dos professores.
Casal anuncia investimento para melhorar abastecimento em Arapiraca
 A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) vai investir R$ 10 milhões na melhoria do sistema de abastecimento de água de Arapiraca, em 2017. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (22), pelo presidente da empresa, Clécio Falcão, durante audiência pública na Câmara de Vereadores de Arapiraca. O investimento, que representa 10% do montante de R$ 100 milhões que a Casal e o Governo pretendem aplicar em todo o Estado no decorrer deste ano, será utilizado em substituição e ampliação de redes de distribuição de água.
Casal anuncia investimentos 02
O investimento inclui incremento do serviço de reparo de vazamentos e melhoria do atendimento em geral à população da cidade  Os recursos, de acordo com Clécio Falcão, estão previstos no Plano de Investimentos da Casal para 2017. Independentemente desse plano, a Companhia, juntamente com a sua parceira CAB Águas do Agreste, está adotando um conjunto de medidas para enfrentar a escassez hídrica na região causada pela falta de chuva e pela redução da vazão do rio São Francisco.
Arapiraca mantém a tradição de não ter carnaval
A maior festa brasileira o carnaval não está no contexto da segunda cidade do Estado, Arapiraca que mantém essa tradição há várias décadas. Sem opções  a população que gosta de brincar Carnaval, já se acostumou a viajar para outras cidades, dentro e fora do Estado. Grande parte vai para as praias do Miaí, Lagoa do Pau em Coruripe além da capital do Estado, Piaçabuçu e Marechal Deodoro.
Biu de Lira pede atenção para o “Velho Chico
O senador Benedito de Lira, líder do PP, na Senado recolheu a assinatura dos 27 senadores dos Estados do Nordeste num documento que será entregue ao presidente Michel Temer (PMDB) pedindo que seja decretado estado de emergência para o Rio São Francisco. O senador explicou que o decreto de emergência vai flexibilizar a burocracia para permitir investimentos imediatos na revitalização do rio, restauração das matas ciliares, dragagem do leito do rio e realização dos projetos de saneamento nas cidades ribeirinhas, acabando definitivamente com o lançamento de esgotos sanitários que poluem as águas do Velho Chico.
Biu de Lira 02
“Se não houver revitalização agora, não haverá transposição, e o Governo poderá comprometer um dos projetos mais caros e tão importante quanto indispensável para atender a população dos Estados do Nordeste, como Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e o Ceará”, disse Benedito de Lira. Mais uma vez, o senador Benedito de Lira denunciou as más condições do Rio São Francisco. “Em determinados pontos do Rio São Francisco, você atravessa a pé de uma margem para a outra. E até na foz, a chamada cunha salina está avançando em cerca de 60 quilômetros rio acima, numa prova de que o rio, antes caudaloso, agora está à beira da morte”, disse o senador.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *