Escrivã da PC morre afogada em Pão de Açúcar

Por em 27 de Fevereiro de 2017

Vítima residia em Aracajú e estava na casa de familiares naquela cidade ribeirinha.

A escrivã da Policia Civil do estado de Sergipe, identificada como Marileide Lima, 43 anos, que residia em Aracaju e trabalhava na 2a Delegacia Metropolitana de Polícia Civil daquele Estado, morreu na tarde deste domingo (26), após sofrer afogamento na “Prainha da Bomba”, em Pão de Açúcar as margens do Rio São Francisco.

Segundo informações, populares teriam visto a vítima pedindo socorro, mas acharam tratar-se de uma brincadeira e quando perceberam que seu corpo havia  submergido nas águas do “velho Chico” quando foi feito o resgate das águas, encaminhando-o até a Unidade Mista de Saúde Doutor Djalma Gonçalves dos Anjos (hospital local), mas já em óbito Marileide estava a passeio na cidade de Pão de Açúcar, na residência de familiares da sua nora.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *