Suposto bando do PCC explode agencia da Caixa em Arapiraca

Por em 22 de Janeiro de 2017

Instituição financeira  ficou parcialmente destruída no bairro Brasília
Os moradores do bairro Brasília foram surpreendidos com uma grande explosão na madrugada deste domingo (22) com a explosão de caixas eletronicos da Agencia da Caixa Econômica por um suposto bando do Primeiro Comando da Capital (PCC).
No local a cena é completa destrução. O impacto da explosão foi tão forte que atingiu o sistema de ar refrigerado. Um dos motores do ar-condicionado ficou pendurado por cabos ligados à estrutura metálica do teto do prédio.
Na entrada da agência da Caixa destroços espalhados por todos os lados. Vigilantes de uma empresa de Segurança que presta serviços ao banco estavam a postos na frente da agência, nas primeiras horas deste domingo.
Uma viatura da Radiopatrulha, da Polícia Militar (PM), do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) também estão no local no início da manhã. O Centro de Operações Policias Militares (COPOM) afirmou que não tem até o momento, mais informações sobre a ocorrência.
Bilhete
Os criminosos deixaram um bilhete antes de saírem da agência. Eles exigem que presos do Sistema Prisional do Agreste, que estão no Presídio do Agreste, localizado no município de Girau do Ponciano, no Agreste de Alagoas, sejam transferido do Pavilhão A.
“Se não transferir nós não vai parar”, avisa o Primeiro Comando da Capital (PCC), que pede a transferência urgentemente. No bilhete, os integrantes da suposta facção criminosa disse que “quem manda no Estado é o PCC”. Ele colocaram a numeração 1533, desenharam a figura de um ‘palhaço criminoso’ e assinaram como “CRIME”, em caixa alta.
 Foto: Josival Menezes. 

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *