Sem dialogo para negociação servidores decidem pela paralisação nesta terça 31

Por em 30 de Janeiro de 2017

Paralisação será de advertência, mas, assembleia poderá decidir por greve por tempo indeterminado
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Saúde, Administração e Serviços de Arapiraca (Sindsar) realiza nesta terça-feira (31) , a partir das 8h, uma paralisação de advertência na sede do Centro Administrativo de Arapiraca, localizada no bairro Santa Edwiges.diante das tentativas de entendimento entre o gestor e o Sindsar durante as reuniões que ocorreram desde o início da gestão, não houve acordo em relação ao pagamento dos salários relativos ao mês de dezembro de 2016 e janeiro de 2017.
De acordo com a presidente do Sindsar, Joseane Lima da Silva, no ultimo encontro,, ocorrido na semana passada, o prefeito Rogério Teófilo fez uma explanação sobre as contas do município e afirmou sobre a impossibilidade de efetuar o pagamento do salário do mês de janeiro até o dia 31. A prefeitura propôs que o pagamento fosse realizado no dia 10 de fevereiro, mas os servidores rejeitaram a proposta. “Nós entendemos que essa nova gestão está enfrentando problemas financeiros, mas o pagamento do mês deve ser pago dentro do mês trabalhado”, afirmou a presidente do Sindsar.
Joseane Lima relatou que a grande maioria dos servidores depende exclusivamente do salário do município para sobreviver. “Tem gente que não conseguiu efetuar a matrícula da escola dos filhos; outros nem sequer tem dinheiro para pagar transporte ou colocar crédito no celular”, desabafou Joseane Lima.
Além de não efetuar o pagamento de janeiro até o último dia do mês, a prefeitura não apresentou um calendário não apresentou um prazo de pagamento referente ao salário de dezembro, que não foi efetuado pela gestão anterior da ex-prefeita Célia Rocha. 
A sindicalista, disse que nesta terça-feira (31) na própria prefeitura, onde estará acontecendo a paralisação, será realizada uma assembleia para decidir se haverá greve. “Não queríamos iniciar o ano desse forma, mas espero que o prefeito entenda que se não priorizar o funcionalismo público não há atendimento para a população”, finalizou.
Nata da assessoria
A assessoria de comunicação da prefeitura enviou nota sobre a paralisação dos servidores informando que não vai medir esforços para resolver essa situação o mais breve possível.
“A Prefeitura Municipal de Arapiraca confia no bom senso e no diálogo aberto que tem tido com todas as categorias. Durante a semana passada, o prefeito Rogério Teófilo manteve reuniões com sindicatos e associações de classe, onde expôs a situação do município.
O prefeito Rogério Teófilo e toda a sua equipe técnica estão tentando encontrar alternativas para efetuar o pagamento dos servidores públicos de Arapiraca dentro do mês trabalhado. Além disso, um calendário de pagamento referente ao mês de dezembro está sendo analisado para ser apresentado aos sindicatos dos servidores.’, informou a nota.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *