Vereadores palmeirenses ignoram a seca e a crise e reajustam seus salários

Por em 23 de Dezembro de 2016

Sessão extraordinária foi realizada na noite desta quinta-feira (22)
Os vereadores que integram o Poder Legislativo de Palmeira dos Índios, terra que já foi admistrada pelo renomado escritor Graciliano Ramos, que inspirou a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ignoraram a seca a crise econômica e em umasessão estraordinária na calada da n oite aprovaram seus proprios vencimentos..  
Por oito votos favoráveis e dois contra, o projeto que reajusta o salário dos senhores vereadores e vereadoras foi aprovado em 30%. Com essa decisão, os vencimentos dos 15 parlamentares do município passam de R$ 5.700,00 para R$ 7.500,00 a partir da próxima legislatura, que se inicia em março de 2017. A verba de custeio aprovada foi de R$ 2.500,00. 
O prefeito eleito Júlio Cezar (PSB) e ainda vereador  havia feito um apelo na última sessão ordinária pedindo o congelamento do salário por quatro anos do chefe do executivo municipal, do vice, vereadores, além dos secretários municipais devido a grave crise econômica que passa o país, e o projeto foi retirado de pauta.

Votaram a favor do aumento: Salomão Torres, Gilberto Vitório, Roberto Candido, Marta Gaia, Ernandes da Saúde, França Júnior, Ronaldo Raimundo e Agenor Leôncio. Sergio Passarinho e Thales Targino votaram contra.

Foto Todo Segundo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *