Célia Rocha “imita” Severino Leão 20 anos depois

Por em 23 de Dezembro de 2016

“Presente de grego” com duas folhas atrasadas será entregue a Rogério Teófilo
Em 1996, a prefeita Célia Rocha (PSL) surgia como forte liderança em Arapiraca após duas legislaturas como vereadora e presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal sua atuação positiva como legisladora atuante foi o caminho para chegar a Prefeoitura  eleita com votação expressiva  para o seu primeiro mandato como gestora do município.
Ao assumir a administração de Arapiraca, em janeiro de 1997, Célia foi surpreendida por desafios. Tomou medidas amargas com a decisão de promover demissão em massa de servidores contratadois na gestão anterior e foi noticia em nível nacional.Na época a economia no Brasil estava estabilizada veio o Plano Real e a nova gestora realizou uma adminmistração a contento contando com o apoio do entãol presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB)  
“O principal problema na época era o dos salários atrasados e a grande quantidade de funcionários contratados. Nossa primeira ação foi muito desagradável, pois tivemos que demitir mais de três mil contratados, para diminuir a folha de pagamento. Em seguida começamos a colocar o salário dos servidores em dia. Fizemos questão de pagar os sete meses de vencimentos atrasados”, lembrou a prefeita em uma entrevista a imprensa local.
 O jornalista Roberto Baia em 2014 lembrou do passado esquecido, escrevendo em sua coluna que até pouco tempo Célia Rocha  e Severino Leão não se relacionavam, eram adversários políticos mas o passado foi esquecido em virtude de um pedido do agora vice-governador Luciano Barbosa para a aliada política.
Severino Leão quando foi prefeito de Arapiraca ficou devendo sete meses de salários dos servidores municipais. Foi o caos. Apesar da sua péssima administração, Leão apoiou a candidatura de Severino Lúcio para a sua sucessão que disputou e perdeu para então presidente da Câmara de Vereadores, então vereadora Célia Rocha. Lembrou Baia.
Parcela da multa de repatriação
O pagamento do 13º  dos servidores da Prefeitura de Arapiraca foi programado para acontecer depois do dia 30, quando serão creditados os recursos da segunda parcela da multa da repatriação. Os recursos foram garantidos graças à pressão política dos governadores que chegaram a entrar na Justiça para conquistar esse direito.
O secretário municipal de finanças, Lucas Leão, assegurou em entrevista, que se a parcela da repatriação fosse creditada antes do dia 30 de dezembro, a atual gestão da prefeita Célia Rocha (PSL) efetuava o pagamento do 13º, mas como a Medida Provisória (MP) que liberou os recursos programou o depósito para o final do mês, a operação de liberação só poderá ocorrer na próxima gestãoa partir de 1º de janeiro de 2017. Segundo ainda ele, as instituições bancárias aconselharam aos atuais gestores, que não usassem esse dinheiro e deixasse para os futuros prefeitos.
Herança Maldita 
Além dos inúmeros problemas nas finanças e na administração do município  de Arapiraca, com escolas caindo os tetos, falta de merenda, postos de saúde e unidades básicas sem médicos e medicamentos remédios, salários atrasados, principalmente dos contratados e a confirmação do não pagamento  do decimo terceiro e do salário de dezembro dos contratados e comissionados. o prefeito eleito Rogerio Teófilo (PSDB) vai receber uma “bomba chiando” prestes a explodir das mãos da sua antiga aliada, Celia Rocha, e terá que ter muito habilidade, sensatez e equilibrio pra recolocar Arapiraca nos rumos de uma administração séria, positiva e, sobretudo transparente, diante da atual crise economica que atravessa o Pais.
NOTA OFICIAL
A Prefeitura de Arapiraca informa que o 13° salário dos servidores efetivos da educação foi pago nesta quarta-feira (21), conforme calendário previsto, através de repasse do Fundeb.
O pagamento para os demais servidores será liberado após a transferência dos recursos da repatriação, previsto a partir do dia 30 de dezembro, como foi garantido pelo Governo Federal, através da Medida Provisória 753. (confira a notícia:http://www2.planalto.gov.br/acompanhe-planalto/noticias/2016/12/medida-provisoria-garante-partilha-da-multa-da-repatriacao-com-estados-e-municipios).
A administração municipal coloca ainda que todos os esforços foram feitos para que os pagamentos dos salários ocorressem este mês. Mas assim como vários municípios do país, as dificuldades encontradas pela crise econômica e pelo não repasse da repatriação, impossibilitaram o pagamento.
Os arquivos com todas as informações sobre os salários dos servidores efetivos para pagamento do décimo terceiro salário serão repassados as instituições bancárias até o dia 28, afim que assim que o repasse da repatriação entrar na conta da prefeitura, os pagamentos sejam feitos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *