Complexo de Eguoterapia oferece atendimentos oftalmologicos em Arapiraca

Por em 23 de Novembro de 2016

O Complexo Multidisciplinar de Equoterapia Tarcizo Freire, localizado no bairro Nova Esperança em Arapiraca implantou uma prestação de serviço com o objetivo de recuperar e melhorar a visão das pessoas carentes principalnmenbte idosos.  A instituição oferece exames de vista gratuitos com foco nas pessoas que não conseguiram atendimento em unidades de saúde da rede pública. São mais de 50 atendimentos realizados por dia, cerca de 90%  Mais da metade esperava na fila do SUS. E boa parte dos pacientes atendidos vem de cidades localizadas no entorno de Arapiraca na Região Metropolitana do Agreste (RMA).
Os pacientes passam por consulta com um Optometrista, um profissional com formação superior que está habilitado a examinar e avaliar o sentido da visão, de acordo com o problema visual relatado, é encaminhado para um oftalmologista. Antes da consulta, é feita uma avaliação com uma assistente social. 
Para o idealizador e fundador do Complexo Multidisciplinar, deputado estadual Tarcizo Freire a situação da saúde pública no Brasil tem sido um grande problema para a população. Faltam médicos, medicamentos e equipamentos e, sobram pacientes aguardando consultas, exames e cirurgias nas salas de espera do SUS. “O problema é um verdadeiro descaso e falta de respeito com o ser humano, sendo necessário a busca de alternativas”, enfatizou o parlamentar.
Na avaliação do parlamentar, na área oftalmológica, a situação não é bem diferente, pois algumas doenças, como catarata, que tem tratamento e pode ser revertida por meio de cirurgia, ainda é a principal causa de cegueira em nosso país, principalmente no Nordeste, e um simples exame de vista pode contribuir para reverter esse quadro, explicou. E o Complexo Multidisciplinar de Equoterapia  vem contribuindo para que todos possam ter uma vida mais digna, com saúde de qualidade finalizou Tarcizo Freire.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *