Conjunto residencial é invadido em Palmeira dos Índios

Por em 20 de Outubro de 2016
Ocupação foi pacifica e não houve repressão da Polícia Militar

Um grupo de famílias cadastradas no Programa minha Casa Minha Vida do Governo Federal decidiram invadir e ocupar as unidades residenciais do Conjunto Residencial Brivaldo Medeiros em Palmeira dos Índios. Sem condições de continuar pagando aluguel e desesperados pela entrega das moradias invadiram nesta quarta (19) e quinta-feira (20), o conjunto  localizado às margens da AL-115, no município de Palmeira dos Índios próximo a entrada da cidade.

De acordo com informações de integrantes do programa social, eles tomaram a decisão de entrar nas casas, pois as unidades já deveriam ter sido entregues desde 2013, mas até agora ninguém havia recebido as chaves. Na ocasião muitas famílias entraram nas casas apenas com material de limpeza, porém outras já levaram móveis e se estabeleceram na nova moradia.

 de acordo com os invasores eles estão dispostos a realizar os serviços de acabamento, colocar portas, pia e vaso sanitário que foram furtados. Nas casa ainda falta a instalação de energia elétricas e ligação de água.

Elaine da Silva, mãe quatro filhos fez um desabafo e justificou que invadiu porque não tem para onde morar e não tem condições de pagar aluguel e o proprietário pediu a casa. “Eu não vi outra alternativa a não ser vim pra essa que ganhei. Vou ficar aqui mesmo com a situação precária que se encontra, porque não tenho como pagar aluguel”, justificou.

O contrato para a construção do residencial Brivaldo Medeiros, foi assinado em junho de 2012, pela empreiteira Somart Engenharia em parceria com o município e o Governo Federal, com prazo de entrega de 18 meses. As obras foram financiadas com recursos do Banco do Brasil. A Prefeitura de Palmeira dos Índios através da secretária de Ação Social até o momento não emitiu nenhuma nota sobre a ocupação dos imóveis. .
Redação com Todo Segundo. 


Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *