Recuperação de veículos roubados e CNHs estão sendo realizados nas regionais do Estado

Por em 22 de Junho de 2016
Pleito do deputado estadual Tarcizo Freire junto ao Detran-Al, é realizado nas terças, quartas e quintas feiras   
A indicação de nº 82/2015 de autoria do deputado estadual Tarcizo Freire (PP), foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE), em agosto de 2015, em que reivindicava a incorporação dos serviços de recuperação de veículos, carros e motocicletas está sendo realizado nas delegacias regionais da polícia Civil de todo o Estado. Na regional onde o Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado o veículo ou a CNH apreendida pode ser recuperada nos dias terça, quarta e quintas-feiras. 
Com a publicação da Portaria Conjunta ocorrida dia 6 de abril deste ano, a vistoria do veículo recuperado que foi objeto ilícito, furto ou outro crime, poderá ser feita diretamente na sede da Ciretran da circunscrição onde o boletim de ocorrência foi lavrado, assim como também a baixa da queixa do furto, passará ser feita na delegacia regional de onde ocorreu o fato delituoso. Não precisando mais que as vítimas se desloquem até Maceió com seus bens para recuperar os mesmos.
A portaria foi assinada pelo secretário de Estado da Segurança Pública, coronel PM. Lima Júnior, Antônio Carlos Gouveia, diretor presidente do Detran – Al, e pelo delegado Paulo Cerqueira.
As antigas reivindicações de proprietários de veículos do estado de Alagoas, principalmente aqueles do Agreste e Sertão e Baixo São Francisco, foram atendidas.  Segundo o parlamentar, essa é mais uma grande conquista para todos os proprietários de veículos do estado de Alagoas, além de isentar da taxa de vistoria, o serviço traz mais praticidade e comodidade para o condutor.
Na oportunidade o deputado Tarcizo Freire, falou que está pleiteando junto a Eletrobrás e Casal, que cortes de fornecimento das empresas citadas não ocorram em véspera de feriado ou final de semana. Uma vez que não haverá atendimento ao cliente, em feriados e finais de semana para resolver eventuais pendências dos consumidores, que poderão sofrer transtornos e danos diversos, devido a falta do fornecimento imediatamente de energia ou água. Ressaltando que estes, são serviços públicos essenciais a vida das pessoas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *